sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Uma delícia árabe, Hambúrguer de cordeiro com pasta de grão-de-bico

INGREDIENTES

  • 500 g de carne de cordeiro moída
  • 1 cebola grande ralada
  • 1 dente de alho picado
  • 2 colheres (chá) de cominho moído
  • 2 colheres (chá) de molho de pimenta vermelha (opcional)
  • 4 colheres (sopa) de hortelã fresca picada
  • 1 xícara (chá) de pão amanhecido ralado
  • 1 ovo ligeiramente batido
  • Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 100 g de pasta de grão-de-bico (hummus) comprada pronta
  • Pão ciabatta para acompanhar

MODO DE PREPARO

Em uma tigela, misture a carne, a cebola, o alho, o cominho, a pimenta, a hortelã, o pão ralado e o ovo. Tempere com sal e pimenta e misture com as mãos. Divida a carne em quatro porções e forme hambúrgueres de aproximadamente 10 cm de diâmetro e 1, 5 cm de espessura. Coloque em uma assadeira forrada com papel-manteiga e leve para gelar por 30 minutos. Em uma frigideira antiaderente, aqueça metade do azeite e frite um hambúrguer de cada vez, por 4 minutos de cada lado ou até dourar por fora e ficar cozido por dentro. Repita a operação com a carne restante. Sirva em um prato acompanhado da pasta de grão-de-bico e de pão. 



Via IG.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Conheça algumas maneiras de passar roupa sem usar o ferro



Para a maioria das mulheres, passar roupa não está na lista das tarefas domésticas preferidas. Além de exigir uma quantidade considerável de tempo, a atividade é responsável por dores nas costas por ser realizada sempre na mesma posição. E o que dizer do calor? Em dias quentes, passar roupas se torna ainda mais desagradável.

De qualquer forma, em alguns casos a tarefa deve ser realizada. Algumas peças devem, mesmo, ser passadas com o uso do ferro, como, por exemplo, as camisas (veja no final da matéria como tornar a tarefa de passar roupas mais fácil!).


A boa notícia é que existem certos truques para desamassar roupas sem a utilização do ferro de passar. Essas dicas são ótimas em casos de emergências, imprevistos e viagens e valem caso a roupa esteja amassada (não amarrotada!). Conheça 6 maneiras de passar roupas sem o uso do ferro de passar.

1. Chuveiro

O truque do chuveiro já é um velho conhecido, mas funciona. Quando for tomar banho feche as saídas de ar do banheiro e ligue o chuveiro em uma posição quente. Pendure as roupas em um cabide. O vapor da água vai desamassar a roupa e deixá-la lisa.


2. Secador de cabelo


O secador de cabelos também pode ser um aliado na passagem das roupas. Pendure a peça em um cabide e direcione o ar quente para roupa. Mantenha uma distância de 15 centímetros entre o secador e a peça para evitar que o tecido queime. Caso exista alguma parte mais amassada molhe levemente e direcione o vento do secador.


3. Chapinha


Por mais estranho que possa parecer a chapinha também pode substituir o ferro em alguns casos. Esse método funciona para pequenos amassados da roupa, mangas e golas. Ligue a chapinha e deixe-a aquecer. Quando estiver em temperatura média passe-a pela roupa como se estivesse passando pelo cabelo. Existem chapinhas que podem ser utilizadas em cabelos molhados, nesse caso é possível umedecer a área que estiver mais amassada e passar a chapinha em uma temperatura baixa.


4. Secadora de roupas


Coloque a roupa amassada na secadora de roupas. Molhe a metade de uma meia, ou um tecido, e ligue a secadora na posição média ou suave por cerca de 15 minutos. A secagem da roupa molhada produzirá um vapor que deixará a peça amassada bem lisinha.


5. Água


Se você estiver com muita pressa o ideal é vestir a roupa e borrifar água nos amassados da peça. Parece estranho, mas a roupa vai secar naturalmente em seu corpo e ficar sem amassados.

Você também pode pendurar sua roupa em um cabide, borrifar um pouco de água por toda a peça e deixar que ela seque naturalmente em um local aberto com incidência de sol. O processo demorará em torno de uma hora. O tecido vai relaxar com a umidade e o calor, tirando o amassado, e o sol vai fazer secar.


6. Toalha


Deixe a peça de roupa em uma superfície plana e coloque uma toalha úmida diretamente sobre a peça. Este método demora mais do que o normal, mas suas roupas devem ficar relativamente lisas!
O que você pode fazer para facilitar a passagem de roupas:

Em alguns casos não há como escapar: o jeito é mesmo passar as roupas com o ferro! Para facilitar a tarefa existem algumas dicas com relação à forma de lavar, estender e recolher as peças. Conheça algumas:

  • Não exagere na quantidade de roupas a serem colocadas na máquina de lavar. Nunca ultrapasse a quantidade máxima indicada.Se você colocar muitas roupas na máquina elas vão ficar torcidas e, consequentemente, amassadas. Além disso, logo depois do ciclo de lavagem você deve estender as peças.
  • Antes de colocar a roupa no varal dê uma “sacudida” na peça. Isso fará com que a roupa não fique tão amassada. Pendure-as com pregadores, mas deixe o mínimo possível a roupa em contato com o varal.
  • Na hora de estender as roupas uma ótima dica é colocar as camisetas e camisas em cabides. As peças secam mais rápido e não deformam tanto.
  • Não deixe a roupa por muito tempo no varal. Assim que estiver seca você já deve recolher.
  • Dobre as roupas logo após recolher.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Inspire-se com os noivinhos na lua de mel



Não é a primeira vez que vejo a ideia de fotografar um destino com um bonequinho em todas as fotos, as meninas japonesas e chinesas sempre costumam fazer isso! Mas adorei a ideia da Daniela e Mario, eles levaram os próprios noivinhos na lua de mel e fizeram fotos com eles pelos cenários onde passaram, Itália e Grécia. Fica fofo e depois as fotos podem ser usadas misturadas com as fotos do casal para o álbum da lua de mel!


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Para arrasar no jantar, Salmão ao Molho de Maracujá




Ingredientes

  • 500 gr de salmão em postas
  • 1 colher(es) (chá) de sal
  • 1/2 colher(es) (chá) de pimenta-do-reino branca
  • 1/2 colher(es) (chá) de suco de maracujá
  • Molho
  • 1 xícara(s) (chá) de suco de maracujá
  • 1 xícara(s) (chá) de Água
  • 1 colher(es) (sopa) de amido de milho
  • 1/2 xícara(s) (chá) de açúcar


Como fazer

  • Tempere o salmão com o sal , a pimenta e o suco.
  • Deixe marinando por 1 hora.
  • Leve ao microondas por 7 a 8 minutos na potência alta.
  • Retire, tampe e aguarde 10 minutos em tempo de espera.
  • Sirva com o molho de maracujá.

Molho

  • Misture todos os ingredientes e leve ao microondas por 5 a 7 minutos na potência alta, mexendo 2 vezes durante o cozimento.
  • Retire e sirva sobre o salmão reservado.
  • Polvilhe com sementes de maracujá torradas no forno.


Via Cc.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Dicas para usar e abusar do limão em casa



Além de nutritivo (vitamina C pura!), o limão é saboroso e um excelente produto de limpeza. Aprenda aqui como aproveitar o melhor dessa fruta até a última gota!

Na culinária
- Ao cozinhar repolho, brócolis ou couve-flor, acrescente 1 colher (sopa) de suco de limão na água para eliminar o cheiro forte.
 
- Para retirar a baba do quiabo, mergulhe-o no suco de limão por 15 minutos. Em seguida, lave-o bem e prepare a receita. 

- Coloque algumas gotas de limão no óleo em que o peixe será frito. Além de diminuir a fumaça, elimina do ambiente o cheiro de fritura. 

- O limão é um poderoso antibactericida natural. Por isso, pode ser usado para lavar verduras (use 1 litro de água para o suco de 1 limão). 

- Ao usar banho-maria ou cozinhar ovos, coloque um pedaço de limão ou o bagaço na água. Isso evita que a panela escureça. 

- Para que a maçã descascada não escureça, mergulhe-a em uma mistura de água e suco de limão. 

Na limpeza
- Para desinfetar talheres ou utensílios de madeira: deixe-os de molho no suco de 1 limão diluído em ½ copo de água, por meia hora. Enxágue e deixe secar ao sol. 

- Para retirar o cheiro de peixe dos talheres: esfregue neles o bagaço do limão.

- Para tirar o mau cheiro da esponja de louça: esprema 1 limão, coloque o suco em uma vasilha e complete com água até a metade. Mergulhe a esponja por 30 minutos e enxágue. 

- Para clarear panelas de alumínio: encha-a com água quente, junte o suco de 1 limão e deixe ferver até clarear. 

- Para limpar as bocas do fogão: misture o suco de 1 limão com 2 colheres (sopa) de açúcar ou sal. Com essa pasta fica mais fácil remover a sujeira. 

- Para higienizar o filtro de barro: passe a casca do limão em toda a parte interna do filtro. Isso evita que os fungos se reproduzam. 

Atenção: 
Depois de usar o limão, lave bem as mãos com água e sabonete; isso evita manchas e queimaduras na pele quando você se expuser ao sol.


Via Sadia.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O saboroso nhoque de ricota e espinafre


INGREDIENTES

  • 1,5 maço de espinafre fresco
  • 30 g de manteiga integral sem sal
  • 50 g de cebola pera
  • 300 g de ricota fresca
  • 100 g de farinha de trigo
  • 2 gemas de ovo
  • 50 g de queijo grana padano
  • Sal a gosto
  • Noz-moscada a gosto

MODO DE PREPARO

Limpar o espinafre, eliminando os talos. Cozinhar as folhas em água fervente por 30 segundos. Escorrer, resfriar e espremer bem para eliminar toda a água. Picar bem. 

Em uma frigideira, colocar a manteiga, adicionar a cebola em cubinhos e cozinhar por alguns minutos. Acrescentar o espinafre e saltear um pouco.

Em uma tigela, colocar a ricota e amassar bem. Adicionar o espinafre salteado, a farinha, as gemas e queijo ralado e temperar com sal e noz-moscada. Misturar bem até formar uma massa homogênea.
Fazer bolinhas de cerca de 1 cm com a massa de ricota e espinafre e cozinhar em abundante água fervente salgada.
Servir os nhoque com molho de tomate e queijo ralado.


Via IG.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Maneiras infalíveis e seguras de afiar facas



As facas são instrumentos fundamentais em qualquer cozinha do mundo! E não importa se a pessoa é uma dona de casa que cozinha diariamente para a família ou um renomado chef que trabalha num grande restaurante, é importante que a faca esteja sempre afiada, para que “possa cumprir bem sua função”.

Afiar uma lâmina pode ser um ato simples, que qualquer pessoa pode fazer, por exemplo, na beirada da pia, ou uma arte mais complexa, que exige muito conhecimento e anos de prática. Tudo depende, basicamente, do resultado que se espera e, também, um pouco, do valor do instrumento que se está afiando.

De acordo com o chef de cozinha do restaurante Alessandro e Frederico, o italiano Gennaro Cannone, é um tanto subjetivo falar sobre amolação de facas, pois cada profissional utiliza um tipo diferente de faca. “O sushiman, por exemplo, utiliza facas de lâminas mais finas que a daqueles que trabalham com carnes nobres, que requerem lâminas mais grossas. Cada faca tem uma função, um ponto diferente”, comenta.

Mas, apesar das particularidades de cada faca, abaixo você conhece algumas das maneiras mais conhecidas de se afiar esses instrumentos.

1. Como afiar faca na pedra

As orientações e dicas abaixo são de Wilson Kano, diretor da rede de franquias de marmitas japonesas ObentôMania. “Utilizo muito as facas dentro do meu cotidiano para fatiar os peixes e ingredientes de acordo com a exigência da boa culinária oriental. Sendo assim, as facas são instrumentos muito necessários, logo, precisam estar sempre afiadas”, comenta.

Primeiramente, é necessário molhar a pedra por uns cinco minutos. Uma sugestão é deixá-la em um recipiente com água.

Depois, vale notar que a pedra tem dois lados: um mais poroso e outro mais liso. Quem afia as facas regularmente pode, geralmente, utilizar somente o lado mais fino da pedra (menos poroso).

Deslize a faca por toda a pedra. Isso com ela em um ângulo de aproximadamente 30 graus.

“É como cortar a pedra de maneira bem fina, ao longo dela inteira”, explica Wilson Kano. No vídeo abaixo você confere também um método simples e rápido para afiação:



2. Como afiar faca no esmeril

Esmeril é uma “roda de pedra” girada por um motor. A peça é fixada em uma bancada. Este é um método que exige maiores cuidados.

Passe óleo lubrificante na lâmina da máquina, pois ajudará a proteger a lâmina enquanto for afiada.

Ligue o esmeril, segurando a faca em um ângulo de 45 graus nele.

Mova a faca pelo esmeril, da base até a ponta, com cuidado.

Repita esse processo três ou quatro vezes.

Vire a faca e repita o processo para afiar o outro lado.

Wilson Kano destaca que afiar facas com um esmeril exige uma habilidade maior devido ao risco de se machucar. “Sugiro não utilizar essa técnica se não tiver total controle do equipamento e do ato”, alerta.


3. Como afiar faca com chaira

Wilson também dá suas dicas sobre o uso da chaira para devolver o fio à faca, confira:

Segure a chaira com a ponta para cima.

Deslize a faca por todo o comprimento da chiara em um ângulo de cerca de 20 graus, fazendo movimentos de fora para dentro, tomando sempre cuidado para não se machucar.

Repita o mesmo movimento e número de movimentos dos dois lados da faca.

“A ideia é a ilusão de tirar uma fatia bem fina da chiara”, comenta Wilson Kano. No vídeo abaixo, Vicente da Silva Filho também ensina maneiras de se utilizar a chaira para afiar faca. Vale a pena conferir:




quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

O que usar em um casamento na praia?



Verão chegando, cada vez mais casamentos na praia acontecendo… E a mesma dúvida de muitas madrinhas e convidadas: o que vestir em casamento na praia? Abaixo escrevi algumas dicas para ajudar:

1) Regra nº1: Esteja linda! Fica mais fácil você pensar no look se tiver esta frase na cabeça. É um casamento e casamentos são sempre ocasiões especiais, uma festa foi preparada para você celebrar junto aos noivos, então esteja linda e capriche no visual. Não é porque o casamento é na praia que pode ir despojada com qualquer vestidinho usado domingo para tomar sorvete.

2) O casamento ser na praia também não significa que é mais informal. É verdade que a maioria do casais que decidem casar na praia gostam sim do clima descontraído e informal, mas isso não é regra. Pode ser um casamento chiquérrimo num resort de praia. Mas pode também ser um casamento de surfistas totalmente despojado e com todo mundo descalço na areia. O convite deve passar a primeira impressão de como será a festa, para você pensar no traje. Caso não faça a mínima ideia, a melhor coisa é simplesmente perguntar para a noiva. Eu aposto que a noiva vai preferir mil vezes que você pergunte sobre o traje do que simplesmente ir de qualquer jeito.

3) Para madrinhas, a dúvida costuma ser sobre o comprimento, longo ou curto. Mais uma vez, a melhor coisa a fazer é perguntar para a noiva! Não existe uma regra, quem define se quer todas de longo, todas de curto, se pode ter madrinha com vestido estampado ou não, é a noiva.

4) O que diferencia seu vestidinho usado domingo a tarde de um vestido de casamento na praia é o tecido. Casamento sempre pede tecidos nobres (lembre-se, é uma ocasião especial!) como mousseline de seda, crepe de seda, linho. Pense em tecidos leves, fluídos, com movimento. Não significa que não possa usar vestidos mais estruturados, mas nesse caso opte por vestidos de cores claras ou alegres/ estampado para balancear.

5) Cores claras, alegres e estampas são perfeitas para casamentos na praia.

6) Pode usar brilho? Se o casamento for daqueles que começa no fim da tarde com o pôr do sol e a festa vai noite adentro, pode sim! Mas fica melhor brilho em forma de pedras bordadas ou brilho com estampa do que simplesmente metalizados (dourado e prateado) usados em festas na cidade.

7) E os sapatos? Mais uma vez, tente se informar sobre como é o local da festa ou converse com a noiva. Se o casamento for totalmente pé na areia ou num deck, é melhor evitar salto alto. Vestidos fluídos longo com rasteirinha de festa fica lindo.

8) Os acessórios também são importantes. Vestidos lisos de mousseline de seda ficam lindos com brincos grandes e pulseiras, especialmente usando gemas brasileiras. A clutche complementa o look, escolha uma colorida coordenando com o vestido ou de materiais naturais como bambu.

9) Cabelo e maquiagem não podem ser esquecidos, fazem parte do visual da convidada. Lembre-se que na praia pode ter aquele ventinho/ brisa, que pode bagunçar sua escova ou baby liss ainda na cerimônia religiosa. É uma boa oportunidade de fazer um coque ou trança despojada, daquelas que você treina em casa e no dia pode conseguir fazer sozinha mesmo!

10) Não adianta você estar linda e seu namorado/ noivo completamente errado. Traje masculino para casamento é sempre terno. Se o casamento for diurno, pode ser terno bege ou cinza claro. Casamentos entrando noite a dentro, um terno cinza fica ótimo. Caso a festa seja informal, calça de linho com camisa branca fica sempre elegante, ou mesmo uma calça social bege com camisa branca, sem o paletó. Jeans e bermudas estão fora de cogitação, a menos que os noivos sejam completamente desencanados, a festa seja completamente informal e tenham liberado ir como quiserem (eu sempre considero que pode ser um casal que não goste de regras e prefira os convidados à vontade, mas neste caso é sempre bom conhecer bem os noivos e perguntar informalmente, porque às vezes o casal é até informal, mas estão preparando uma festa de casamento mais “certinha” e esperando que todos os convidados estejam lindos!).






terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Como fazer o adorado Temaki Califórnia



Ingredientes

  • 55 gr de arroz japonês
  • 1/2 unidade(s) de nori
  • 1 colher(es) (café) de gergelim
  • 12 gr de manga
  • 6 gr de pepino
  • 20 gr de kani

Como fazer

  • Pegar o nori (alga) e colocar na palma da mão, espalhar o shari (arroz) do lado esquerdo da alga, espalhar o gergelim sobre o arroz.
  • Colocar o pepino e a manga cortados em tira e o kani-kama desfiado em cima do arroz e enrolar em forma de um cone.
  • Se desejar, coloque por cima do temaki um pouco de molho tarê e salpique mais gergelim.

Via Cc.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Dicas e truques para facilitar a vida na cozinha




Algumas dicas podem facilitar, e muito, o trabalho na cozinha. Aprenda como picar cebola sem chorar, tirar a casca do tomate com facilidade e outros ótimos truques

Se há uma coisa que irrita uma dona de casa é quebrar um ovo estragado durante o preparo de uma receita. Mas com as dicas abaixo você evita esse problema e ainda facilita a rotina na cozinha. 

Ovo fresquinho
Para evitar imprevistos, antes de quebrar um ovo coloque-o dentro de um copo com água com a ponta voltada para baixo. O ovo fresco é pesado e afunda no copo. Já o estragado, boia. Então, nem perca tempo em abri-lo: descarte-o imediatamente. E sempre que preparar uma receita, abra o ovo separadamente – em uma xícara, por exemplo – e junte-o ao restante dos ingredientes depois de verificar que ele está bom. 


Salsinha sem umidade
Essa é uma erva que dá sabor e charme aos pratos. Mas para usá-la, seja com a folha inteira ou picada, ela deve estar bem seca. Para isso, lave bem o maço de salsinha e retire as folhas dos cabos. Seque as folhinhas com papel-toalha ou em um secador de saladas (encontrado em supermercados e lojas de utensílios para a cozinha) e, sobre uma tábua, pique bem. Em seguida, coloque num pano de prato limpo e torça bem para que todo o líquido se desprenda. 

Cebola sem choro
Sabe por que choramos ao cortar a cebola? Porque, na hora em que é cortada, ela libera uma série de compostos químicos no ambiente, e um deles, formado por enxofre, ao entrar em contato com os nossos olhos, se converte numa espécie de ácido, irritando-os. Para evitar essa desagradável sensação, use a cebola bem gelada e corte-a em água corrente. Cortá-la próximo a uma janela, onde haja boa ventilação, também ajuda.

Tomate pelado
Eis um truque infalível para tirar a pele do tomate antes de preparar deliciosos molhos e refogados: com uma faca afiada, corte um X na base do tomate e coloque-o numa panela com água fervendo por alguns segundos. Em seguida, mergulhe-o numa tigela com gelo e água. A partir do X, retire a pele como se fossem quatro folhas. O choque térmico faz com que a casca se desprenda facilmente.


Pimentões nada indigestos
Você fica com a digestão lenta depois de comer o legume? Para resolver o problema, basta retirar sua pele. A tarefa é simples: lave-o bem, sob água corrente, e enxugue-o. Espalhe um pouco de óleo em sua superfície e espete-o com um garfo grande. Aproxime-o da chama alta do fogão e, quando ele estiver chamuscado em todos os lados, retire-o do fogo. Em seguida, tire a pele esfregando o pimentão com papel-toalha.

Via Sadia.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Saborosa anchova grelhada com tomate confitado light



  • 200 ml de suco de laranja
  • 1 pimenta jalapeño fresca
  • 2 colheres (sopa) de adoçante em pó para forno e fogão 
  • 4 filés médios de anchova fresca com a pele 
  • 2 colheres (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de pimenta-do-reino
  • 16 azeitonas verdes médias sem caroços
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva
  • 1 colher (sopa) de shoyu light  
  • Para decorar: cebolinha francesa picada

MODO DE PREPARO

Coloque em uma panela os tomates, o suco de laranja, 200 ml de água, a pimenta jalapeño e o adoçante. Cozinhe em fogo baixo por 15 minutos. Retire do fogo, tampe a panela e reserve. 

Tempere os filés de anchova com o sal e a pimenta-do-reino. Arrume os filés (com a pele para cima) em um grill elétrico aquecido. Feche sem pressionar e deixe por 5 minutos ou até o peixe ficar macio. Retire do grill. Se preferir, use uma frigideira antiaderente.  

Sirva os filés de anchova sobre os tomates e regue com um pouco do caldo usado para confitar. Coloque as azeitonas. Regue com o azeite de oliva misturado com o shoyu e decore com cebolinha francesa picada.


Via IG.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Conheça algumas utilidades inusitadas do papel alumínio



O papel alumínio é o queridinho das donas de casa na hora de cobrir tigelas sem tampa, ou forrar as formas que vão abrigar alimentos que vão soltar muito líquido e gordura, como frangos, carne suína ou bovina a serem assadas. Porém, seu uso vai muito além do que a maioria das pessoas conhece.

Confira 15 maneiras diferentes que você pode utilizar o papel alumínio de modo a resolver pequenos problemas do dia a dia da casa:

1. Manter o pão quente

Para segurar o calor do pão quentinho a ser servido à mesa, basta forrar a forma em que ele será disposto com papel alumínio. Se não quiser que o papel alumínio apareça, faça uma camada acima com guardanapos de papel.

2. Proteger maçanetas e dobradiças de respingos

Na hora de pintar portas, cobrir as maçanetas e dobradiças com papel alumínio é uma boa pedida para evitar que estas percam seu brilho original.

3. Mover móveis pesados com facilidade

Par tal basta colocar pedaços de papel alumínio em baixo dos pés do móvel e arrastá-lo. O papel alumínio, além de não arranhar o piso, promove um fácil deslizamento.

4. Corrigir compartimentos de pilha

Os compartimentos onde são colocadas as pilhas de um equipamento muitas vezes ficam com a mola torta, o que impede que a pilha funcione. Para resolver este problema, basta encaixar na folga existente um pedacinho de papel alumínio, pois ele ajudará a pilha ficar mais firme, sem atrapalhar sua condução de energia.

5. Estender a duração do sabão

Os sabões envoltos em papel alumínio duram mais, pois este produto afasta a umidade que promoveria o desgaste.

6. Passar as roupas mais rápido

Colocar algumas folhas sob a cobertura da tábua de passar faz com que haja a retenção do calor do ferro também na tábua, tornando o processo mais ágil.

7. Proteger os óculos de tintura de cabelo

Muitas mulheres que tem algum problema de visão precisam usar os óculos enquanto aplicam tinta no cabelo. Para evitar que o objeto manche, basta envolver a armação com papel alumínio.

8. Passar tecidos delicados

Tecidos como seda, lã ou viscose ficam enrugados muito facilmente. Para não ter que contar com um serviço profissional somente para mantê-los lisos, basta colocar uma folha de papel alumínio em cima da peça de roupa na hora de passar, pois assim o calor necessário para deixar a roupa lisa será transmitido sem danificar o tecido.

9. Desfazer grânulos de açúcar mascavo

A receita para fazer o açúcar mascavo ficar com grânulos finos é simples: pré-aqueça o forno a 300 graus, forre uma assadeira com papel alumínio, espalhe o açúcar mascavo por cima e leve ao forno por cerca de 5 minutos.

10. Confeitar um bolo

Os sacos de confeiteiro podem ser substituídos por folhas de papel alumínio enroladas em forma de cone com a parte inferior aberta e a superior presa. Portanto, não há mais desculpas para não fazer coberturas com belíssimos desenhos.

11. Deixar as massas de tortas mais crocantes

Um método fácil e infalível para fazer com que as massas de tortas fiquem crocantes e ao mesmo tempo impedir que queimem é retirar a torta do forno um pouco depois do meio do processo de cozimento e cobri-la com papel alumínio.

12. Dar brilho a objetos de metal

Forre uma panela grande ou tigela com papel alumínio, encha com água fria e adicione duas colheres de chá de sal. Coloque seus objetos de metal escurecidos ou enferrujados submersos nesta água e deixe de molho por se cerca de três minutos. Depois é só lavar a água e deixar secar.

13. Limpar o grill

Antes de usar o grill forre seu fundo com papel alumínio, assim, você poderá recolher mais facilmente a gordura e os restos de alimento. Além disso, o papel alumínio também ajuda a remover a sujeira grudada nas grades, basta esfregar um bolinho deste papel sobre elas.

14. Afiar a tesoura

Ninguém gosta de manipular tesouras cegas. Para afiá-las, basta fazê-las cortar folhas de papel alumínio.

15. Reutilizar lã de aço úmida

Para não ter que jogar fora a lã de aço umedecida após um breve uso por conta das possíveis ferrugens, é só dispô-la sobre uma bola amassada de papel alumínio. É possível também guardar a lã de aço já usada no freezer envolta no papel alumínio.

Você sabe qual é o lado correto de usar o papel alumínio?

O lado brilhoso é o lado que deve ficar em contato com o alimento a ser assado. Por ser a parte que reflete as ondas de calor, colocá-la para dentro facilita e torna mais rápido o processo. Outra vantagem de usar o lado brilhoso para dentro é que como este lado é mais liso, a comida grudará menos, assim seu prato fica mais bonito e você não perde as partes crocantes do seu assado grudadas no papel. Portanto, lembre-se: lado fosco para fora, lado brilhante para dentro.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Inspirações para escolher os brincos para o casamento



O visual de noiva é todo branco desde o século XIX quando a Rainha Vitória, da Inglaterra, usou um vestido de noiva desta cor. Mas nem por isso o seu visual precisa ser inteiro monocromático, pode sim ter um toque de cor, de preferência a sua cor favorita, aquela que te representa e te faz brilhar!

Alguns anos atrás entrou na moda com força o sapato colorido para noiva. Mas quer saber? Hoje prefiro um sapato branco ou metálico mesmo, e deixar o toque de cor para os brincos! Brincos com pedras ou diamantes coloridos, tem coisa mais chique e cheia de personalidade? Um pequeno ponto de cor elegante no seu visual.























terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Receita fácil para o adorado bolo de laranja




Bolo de Laranja sempre vai muito bem com chá ou café da tarde. Esta receita é simples de preparar e super gostosa, experimente você também!

Ingredientes
  • 4 unidade(s) de ovo
  • 8 colher(es) (sopa) de suco de laranja
  • 1 xícara(s) (chá) de açúcar
  • 1 1/2 xícara(s) (chá) de amido de milho
  • 1 colher(es) (chá) de fermento químico em pó
  • 1/2 xícara(s) (chá) de farinha de trigo


Como fazer

  • Bata bem as gemas com o suco de laranja.
  • Junte o açúcar e continue batendo até obter um creme esbranquiçado.
  • Retire da batedeira e acrescente delicadamente o amido e a farinha de trigo, misturando com uma espátula.
  • Depois, misture o fermento e, por ultimo, incorpore as claras em neve.
  • Leve ao forno médio, pré-aquecido, em fôrma de buraco central, untada e enfarinhada, por 25 minutos.

Via Cc.




segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Como aproveitar 100% das horaliças




Segundo o IBGE, cerca da metade do lixo que produzimos é composto de alimentos. Não percebemos, mas quando jogamos fora folhas, cascas e talos, deixamos de consumir uma quantidade enorme de vitaminas, minerais e fibras. Abaixo, selecionamos as hortaliças mais subaproveitadas e explicamos como elas podem ser 100% consumidas.

Agrião
Aproveite os talos no preparo de sopas e molhos e misture-o ao arroz. Além de ter o mesmo amarguinho bom das folhas, eles são ricos em antioxidantes, vitaminas A e C, fósforo, ferro e complexo B.
Cenoura
É impressionante: 100 gramas de ramos de cenoura têm 25,5 mg de ferro,o dobro da necessidade diária para um adulto. Por isso, refogue as folhas e adicione-as a sopas e bolinhos.

Brócolis
As folhas contêm vitaminas A e C, proteínas e sais minerais. Use-as no preparo de refogados, bolinhos, arroz e carnes.

Salsa
O talo é rico em vitamina C, ferro e potássio. Aproveite-o no preparo de refogados e sopas. 

Espinafre
Os talos são ricos em vitamina A, ferro e potássio. Acrescente-os no preparo do arroz, omelete e bolinhos.

Via Sadia.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

O saboroso frango empanado com corn flakes

INGREDIENTES

  • 4 filés de frango médios limpos
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 2 colheres (sopa) de endro picado
  • ½ xícara (chá) de cebola ralada
  • 2 colheres (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de páprica doce
  • 1½ xícara (chá) de fubá amarelo
  • 1 xícara (chá) de corn flakes triturado
  • 2 xícaras (chá) de óleo (para fritar)
  • Para acompanhar: salada de beterraba e tomate
  • Para decorar: salsinha

MODO DE PREPARO

Disponha em uma tigela os filés de frango, o creme de leite com o endro, a cebola, o sal e a páprica. Misture bem e deixe tomar gosto na geladeira por 1 hora.
Elimine o excesso de tempero e cubra os filés com o fubá dos dois lados. Em seguida passe-os no tempero e empane no corn flakes. Cubra-os completamente.
Coloque o óleo em uma frigideira funda e leve ao fogo por 3 minutos. Aos poucos frite os filés empanados até dourar de maneira uniforme. Retire do fogo e disponha sobre toalha de papel.
Sirva com salada de beterraba e tomate. Decore com salsinha.

Dica: o óleo não deve estar muito quente para permitir o cozimento na parte interna do
filé de frango.

Via IG.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Dicas para salvar o seu dia em casa



01 – Se você fritou peixe e sobrou muita gordura, passe por um filtro para reter as impurezas. Pingue algumas gotas de limão e deixe esquentar um pouco. O óleo não ficará com cheiro nem com gosto de peixe.

02 – Um truque para que a fritura fique bem sequinha: antes de levar a gordura ao fogo acrescente uma colherinha de álcool. Mas, lembre-se que a gordura deve estar fria, para evitar que o fogo se forme na frigideira!

03 – Para limpar o forno de microondas, coloque uma vasilha com água e ligue no forno por 2 minutos. E então, passe um pano ou papel toalha e seque em seguida.

04 – Para limpar a geladeira faça uma solução de 1 litro de água morna e uma colher de chá de bicarbonato de sódio. Retire os alimentos da geladeira, deixe descongelar, molhe um pano limpo nesta solução e passe em todas as gavetas, prateleiras, inclusive no congelador.

05 – Zíper emperrado? Esfregue sobre ele (perto da alça) um sabonete novo e seco. Passe um lápis preto comum (nº 2), riscando para baixo e para cima, forçando em seguida o gancho para frente e para trás, até que comece a correr.

06 – As pilhas gastas e velhas ainda podem ser reaproveitadas por mais algum tempo. Basta fervê-las com água. A fervura funciona como carga nova.

07 – Tire o cheiro desagradável dos cinzeiros, lavando-os com água e vinagre.

08 – Antes de fazer churrasco, deixe a carne por algum tempo num molho com sal grosso, Coca-Cola e caldo de laranja e de limão. O churrasco ficará mais macio e gostoso.

09 – Antes de lavar as camisas, aplique shampo nos colarinhos. O shampo tira a gordura e facilita a lavagem.

10 – Para tirar o queimado do fundo da panela, leve a ferver um pouco de água misturada com bicarbonato de sódio.

Via Prenda.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Dicas para a escolha das alianças de casamento



Entre tantos detalhes do casamento pensados para os convidados, uma escolha é para o próprio casal, e para sempre: as alianças.


Escolher junto com o noivo ou esperar surpresa? Minha indicação é irem juntos na busca da aliança perfeita. Afinal vocês usarão esta joia todos os dias e para sempre, precisam amar e estarem confortáveis com ela.

A aliança da noiva precisa ser igual ao modelo de aliança do noivo? Não! Podem ser iguais ou diferentes. O importante é cada um estar feliz com seu modelo de aliança. É comum, por exemplo, noivo escolher um modelo mais grosso e a noiva escolher um modelo mais fino para combinar com as mãos delicadas, ou escolher um modelo com diamantes!

Falando em modelos diferentes, conversei com nosso especialista em joias, a Tiffany&Co. As alianças podem ser em platina, ouro amarelo ou ouro rosa. Podem ter meio círculo de diamantes ou círculo inteiro.

A clássica aliança LUCIDA® da Tiffany&Co. tem opções com 6mm, 4,5mm, 3mm ou 2mm. A vantagem deste modelo é que é possível fazer a gravação dentro da aliança. Tradicionalmente grava-se o nome do noivo na aliança da noiva e vice-versa, juntamente com a data do casamento. Fica lindo!

A melhor forma de escolher? Ir à loja e provar todas! Como eu disse no começo do texto, a aliança é a joia que você usará para sempre. Deve combinar com seu estilo, ficar confortável em seu dedo, enfim, você tem que amar de paixão!

Pode usar a aliança de casamento junto com o anel de noivado? Sim, fica lindo! Depois da cerimônia religiosa você pode passar o anel de noivado para o mesmo dedo da aliança do casamento. Caso opte por esta opção, vale a pensa pensar já na hora da compra da aliança um modelo que combine com o anel de noivado. Como nos EUA isso é bem comum, a Tiffany tem diversas alianças que se encaixam perfeitamente com o anel de noivado.

Para quem está na fase de escolher o anel de noivado, aproveita e faz o download do aplicativo Ring Finder! É gratuito, você tira uma foto da sua mão e consegue provar todos os anéis de noivado da Tiffany e até compartilhar com quem quiser.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Direto da cozinha espanhola, Gazpacho Andaluz




Ingredientes

  • 500 gr de tomate picado(s), sem pele(s), sem sementes
  • 4 dente(s) de alho
  • 2 colher(es) (sopa) de azeite
  • 1 unidade(s) de pepino em pedaços pequenos
  • 1 unidade(s) de pimentão vermelho em pedaços pequenos
  • quanto baste de sal
  • quanto baste de vinagre branco
  • 200 gr de croûtons
  • quanto baste de gelo

Como fazer

  • Amasse dois dentes de alho e o pão torrado, adicione azeite e amasse mais um pouco.
  • Bata no liquidificador junto com os tomates.
  • Acrescente sal, vinagre e água gelada, bata de 3 a 4 minutos.
  • Acrescente os outros dois dentes de alho, o pepino, pedaços de pimentão, azeite e bata mais um pouco para misturar.
  • Em uma panela coloque pedras de gelo e passe na peneira a mistura batida no liquidificador.
  • Sirva gelada com os croûtons por cima.

Via Cc.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Saiba qual azeite levar para casa







Assim como o vinho, o sabor do azeite também varia bastante conforme sua origem e os métodos de produção utilizados. Os especialistas conseguem perceber no óleo notas de amargo, picante ou frutado. Mas a principal diferença está no seu efeito à saúde. Por isso, siga algumas dicas na hora da compra. 
- Prefira o tipo extravirgem, que não é refinado ou misturado a outros óleos e, por isso, conserva melhor as propriedades saudáveis da azeitona.

- Fique de olho no grau de acidez: os melhores azeites têm baixa acidez, de até 0,5%. Isso significa que a coleta e o processamento das azeitonas foram bem realizados.
 
- Verifique a data de fabricação e validade. Quanto mais fresco e jovem, mais perfumado e saboroso é o azeite. Evite os que tenham sido fabricados há mais de um ano e meio.

- Escolha óleos fabricados em países consagrados pela alta qualidade de suas azeitonas, como Espanha, Itália e Grécia.

- Procure no rótulo a informação sobre o processo de extração do óleo. Se encontrar a expressão “extraído a frio”, leve-o. É sinal de que a azeitona foi colhida à noite e, assim, conservou melhor suas propriedades nutricionais.
 
- Decida pela embalagem. Garrafas escuras protegem mais o conteúdo, pois azeites oxidam com calor e claridade (por isso, recomenda-se guardá-lo em local fresco e ao abrigo da luz)

Um toque especial:
 
Aprenda a fazer um delicioso azeite com ervas e use-o no preparo de aves, peixes e saladas.
 
Em uma garrafa de vidro limpa e seca, coloque 2 xícaras (chá) de azeite extravirgem e junte: 1 colher (chá) de pimenta-do-reino em grãos, 1 folha de louro, 2 ramos de dill, 2 ramos de manjericão, 2 ramos de tomilho bem lavados e 1 colher (café) de raspas de casca de limão siciliano. Feche bem a garrafa, coloque-a em uma panela com água fervente e deixe em fogo baixo por 30 minutos. Retire, espere esfriar e guarde em local fresco e protegido de luz. Coe antes de utilizar.
Dica esperta: Presenteie familiares e amigos com o azeite temperado. É sucesso garantido!

Via Sadia.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Receita: Baklava turca




Ingredientes

. 4 xícaras (chá) de açúcar mascavo

. 1 xícara (chá) de água

. 1/2 xícara (chá) de água-de-rosas

. 500 g de pistache descascado e picado

. 500 g de amêndoas branqueadas e picadas

. 2 colheres de cardamomo moído

. 1 colher (chá) de canela em pó

. 15 folhas de massa filo congelada

. 1/2 xícara (chá) de manteiga sem sal derretida

Modo de preparo

Leve duas xícaras de açúcar, a água e a água-de-rosas para ferver. Deixe esfriar. Passe o pistache, as amêndoas, o cardamomo, a canela e as duas xícaras restantes de açúcar no processador por cerca de um minuto. Reserve. Abra cinco folhas de massa filo besuntadas de manteiga sobre uma forma de 30 cm x 50 cm. Espalhe uma camada homogênea e bem fina da mistura de nozes sobre a massa filo e então cubra com mais cinco folhas da massa amanteigada. Repita até que toda a mistura tenha sido usada. Cubra com mais cinco folhas de filo amanteigadas. Com uma faca afiada corte atravessado e em diagonal para dar formato de diamante. Asse em forno a 170ºC por uma hora. Despeje por cima a calda de açúcar e rosas já fria. Deixe esfriar antes de servir.


Via MdeMulher.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Dicas para manter o closet organizado



Mudou a estação e todas as roupas que você não via há meses voltaram a fazer parte do seu #LookdoDia. Resultado: armário, gavetas e cabides viraram uma perfeita zona. Ok, vai! Acontece com todo mundo. Mas e aí, como sair do meio desse caos? Antes que nos afogássemos em um mar de cachecol e vestidos de verão (sim, o nível é esse!) resolvemos pedir ajuda a uma profissional. A arquiteta Andréa Parreira, de São Paulo, dá algumas dicas de como manter as suas roupas na mais perfeita ordem.

1. Calças, shorts e saia sempre pendurados

"Qualquer peça que é dobrada e que fica guardada por algum tempo pode desenvolver marcas e até descoloramentos, ocasionados pela falta de luz. Assim, para evitar ter que passar ou lavar a roupa novamente antes de utilizá-la, a melhor opção é pendurar as roupas em cabides apropriados. Saias, que costumam ser de um tecido mais liso e leve, podem ser penduradas em cabides antiderrapantes."

2. Por cor ou estação?

"Se você tem espaço separar as peças usando as duas opções otimiza a sua organização: No inverno, pode separar aqueles casacos que mais utiliza e colocá-los mais à frente. Isso vai facilitar na hora de retirar a roupa que procura no closet. Já a separação por tonalidades e cor é o segundo passo, que você deve fazer depois de separar as peças por estação."

3. Como guardar bolsas

"Sempre de acordo com o tamanho, para não estragar o formato e as alças da peça. Aquela bolsa pequena, geralmente as de festa, com alças frágeis ou muito finas, podem ser guardadas em uma gaveta por exemplo. As bolsas que são utilizadas com mais frequência devem ficar penduradas na frente para facilitar a remoção no momento do uso."

4. O número certo de gavetas e portas

"Não há regras, mas o mínimo em um gaveteiro seriam 3 gavetas. Mesmo que a pessoa ache que precise só de duas, sempre esperamos que o número de roupas e acessórios aumente, então é bom deixar um espaço livre. No restante, o estilo de vida de cada um e logicamente o orçamento disponível orienta o projeto."

5. Organizar sem mudar tudo

"Aposte em caixas organizadoras. Elas permitem que você guarde objetos de tamanhos irregulares, que diferem entre si em questões de tamanho e até mesmo categoria , indiferente do espaço que tenha. Mas caso a pessoa tenha pouco espaço disponível e queira guardar roupas, por exemplo, o ideal é guardar nas caixas as peças que são menos utilizadas"

Via MdeMulher.